VEREDA, IBIRAPUÃ, LAJEDÃO E MUCURI. APENAS 4 CIDADES DA REGIÃO EXTREMO SUL DA BAHIA, FORAM CONTEMPLADAS COM O PROGRAMA DE APOIO À INFORMATIZAÇÃO DE EQUIPES DE SAÚDE DA FAMÍLIA.

O Ministério da Saúde destinou, nesta segunda-feira (16/12), R$ 23 milhões para as primeiras 13.144 Equipes de Saúde da Família (ESF) que aderiram ao Programa de Apoio à Informatização e Qualificação dos Dados da Atenção Primária à Saúde (Informatiza APS). A portaria n° 3.319, que contempla 1.750 municípios, foi publicada no Diário Oficial da União (DOU).

Para receber o valor de custeio, as equipes precisam fazer uso do sistema de prontuário eletrônico e estarem cadastradas no Sistema Nacional de Cadastro de Estabelecimentos de Saúde (SCNES). Também é exigido que tenham enviado informações à base federal por meio do prontuário eletrônico em pelo menos uma das três competências anteriores à solicitação de adesão.

Ao aderir ao programa, os gestores municipais ficam responsáveis por alimentar os dados em uma única plataforma que concentra os sistemas de informação do SUS. Isso dá celeridade à organização dos dados que chegam pela porta de entrada do sistema que é a Atenção Primária e também garante aos profissionais de saúde e gestores mais eficiência no atendimento e continuidade ao cuidado do paciente em qualquer tempo e lugar.

O Cientista da Computação e Coordenador de Tecnologia da Informação dos municípios de Ibirapuã, Lajedão e Vereda, Evilásio Moreira, relatou que tem orgulho de ter contribuído nesses avanços tecnológicos dos municípios, com a implantação do sistema de informação, na capacitação dos profissionais, disseminando conhecimento e oferecendo serviços as Secretarias de Saúde dos Municípios, com foco na inovação, na qualificação profissional e no desenvolvimento tecnológico, que redundarão em benefícios para toda população.

“Mudar é preciso, sendo imprescindível estarmos preparados para lidar com a velocidade em que ocorrem as transformações na sociedade. Estamos conectados 24 horas por dia e podemos acompanhar em tempo real tudo que ocorre na saúde dos municípios. A tecnologia e a inovação são dois itens que proporcionam evolução e revolução. Quem não acompanhar esse ritmo de transformação fica desatualizado e fora do contexto social.”

“Tenho por missão o desenvolvimento de soluções para a gestão de saúde pública, com princípios éticos, utilizando as melhores práticas, com tecnologia de ponta e metodologias de processos comprometidas com os resultados, sempre zelando pelo bem-estar das pessoas, com vistas ao desenvolvimento pessoal, social e intelectual.” Destacou o Cientista da Computação.

You May Also Like

Leave a Reply

Your email address will not be published.